• DESTAQUE DA SEMANA

2 de setembro de 2012

Emanuelle Araújo e sua passagem pela Banda Eva


Emanuelle Araújo se arrepende de ter sido vocalista da banda eva?
Ela foi demitida do grupo?
Ter sido vocalista do Eva foi um erro?
 
Emanuelle Araújo se arrepende de ter sido vocalista da banda eva?
Ela foi demitida do grupo?
Ter sido vocalista do Eva foi um erro?

Tudo isso você vai conferir agora...

==> O começo do namoro entre o Eva e Emanuelle teve inicio no ano de 1998, nessa epóca Emanuelle pertencia ao grupo Companhia Click que ficou famoso por ter revelado talentos como Daniela Mercury e Carla Visi, de olho na menina que com seus 20 anos já era famosa em todo o Brasil por estrelar em rede nacional os comerciais da Loja Insinuante o Grupo assinou contrato com a moça em Outubro de 1998 e como primeiro projeto o Show Ela Vêm apresentado no Pelourinho no repertório uma mistura de Pop, axé, Samba Reggae e Rock. 

==> No Carnaval de 1999, Ivete Sangalo declarou em Rede Nacional que aquele carnaval seria o seu último a frente da Banda Eva, com isso vários nomes surgiram para ocupar o lugar de Ivete como Catia Guimma, Carla Visi, Gilmelândia e vários outros nomes mais quem foi anunciada como nova vocalista foi a jovem Emanuelle Araújo.

==> O primeiro trabalho intitulado de Ao Vivo parte II foi o primeiro disco com Emanuelle Araújo nos vocais da banda e gravaram grandes sucessos da banda que ficaram de fora do primeiro ao vivo em 1997, que tinha Ivete Sangalo em seus vocais. Mas destaca as músicas Pra Lá Pra Cá, a apaixonante Chuva de Verão, Oh,Dó! e a música Eu Vou no Eva, um dos maiores clássicos do Bloco Eva durante a década de 80 as vendas do CD compriram as expectativas e chegou a casa das 800 mil cópias vendidas chegando a certificação de platina duplo, com esse disco a banda eva se manteve nas principais micaretas fora de epoca do país como Carnatal, Pré caju, CarnaBelo, Vital, Micaru e Fortal e chegou a fazer uma longa turnê pela Europa como Portugal, Hungria, Espanha, Itália e o Festival de Montreux na Suiça. 

==> A estréia no trio de Emanuelle não podia ser melhor a cantora arrematou o prêmio de Cantora revelação e musa do carnaval de 2000 e a indicação de melhor música do carnaval com Pra lá e pra cá de Tonho Matéria, Emanuelle perdeu a voz no segundo dia de carnaval e no terceiro dia o Grupo Eva teve que convidar as pressas a Banda Timbalada para assumir o trio do Eva, já o carnaval de 2001 veio com uma bomba as duras penas o bloco Eva conseguiu vender seus abadás sem músicas na rádio e sem CD recentes lançados, com uma aposta de estourar um hit no carnaval foi lançado o hit "Dê no que der" que não emplacou e não decolou com a dificuldade nas vendas e com o desgaste da voz de Emanuelle em 2000, o Eva decidiu novamente encaixar a Timbala mais desta vez a banda saiu na segunda feira.


==> O álbum Experimenta é o segundo albúm de Emanuelle a frente da Banda Eva o CD muito bem produzido pelo famoso Diretor Musical Guto Graça Mello, com 14 faixas de inéditas de compositores como Carlinhos Brown, Adelmo Casé, Jauperi, Jorge Papapá e Cassiano a primeira música de trabalho foi lançada no Festival de Verão de 2001 o hit escolhido foi "My Love" sucesso que rendeu ao Eva a indicação de Hit romântico do carnaval de 2002 no trófeu Dodo e Osmar, além de CD do ano no prêmio Nick de 2001 e a indicação de Banda do ano no Trófeu Imprensa. O CD chegou na casa das 200 mil cópias vendidas chegandando a certificação de ouro.

==> Com o sucesso de canções "My Love", "Levada do amor", "Clima Deliciado" e o sucesso "Passinho do amor" o Eva anunciou que a Banda Eva assumiria novamente os três dias de Bloco Eva mais dois dias do Bloco Nu Outro Eva na Barra. As vendas foram ótimas o bloco voltou a ser sucesso e Emanuelle veio linda representando as cores da bandeira da Bahia, e chegou a ser escolhida a musa do carnaval e recebeu as indicações de Melhor Bloco Alternativo "Nu Outro Eva" e de melhor cantora do carnaval concorrendo com Ivete Sangalo, Daniela Mercury e Márcia freire, quando tudo parecia estar bem e Emanuelle se encaixando dentro de perfil da Banda e as comparações com Ivete Sangalo estavam sendo cada vez menos lembradas chegou a noticia de que o contrato de Emanuelle não seria renovado pelo fato da cantora ter outros projetos e de que o axé music não estaria presente neles, até março de 2002 Emanuelle cumpriu com toda a agenda de shows e teve como substituto o vocalista da Banda Chica Fé Saulo Fernandes.

==> No ano de 2004, Emanuelle se mudou para o Rio de Janeiro montou a banda Moinho e conseguiu contrato com a Rede Globo e já trabalhou em vários folhetins globais em 2010 a Banda Moinho lançou seu primeiro DVD ao vivo gravado no Circo Voador, a banda emplacou o Hit "Esnoba" chegando a primeira colocação do Single 100 Brasil.

Emanuelle Araújo se arrepende de ter sido vocalista da banda eva?
Emanuelle: "Possuo muitos projetos particulares que pretendo realizar, concretizar. É bom lembrar que estava muito feliz com a banda Eva, temos feito muitos shows, o ano de 2001 foi o melhor ano de minha carreira. Agora, quero seguir meus próprios caminhos - contou Emanuelle Araújo." - Carnasite - 2002 
 
Ela foi demitida do grupo?
Não, a saída foi acordada depois do primeiro contrato vencido a cantora já estava planejando sua mudança para o Rio de Janeiro.
 
Ter sido vocalista do Eva foi um erro?
Emanuelle: " Um Eva não foi um erro, pelo contrário. E experiência de ter passado pelo trio foi um aprendizado único na minha carreira, fiquei conhecida nacionalmente como cantora, mais ví que queria novos rumos queria realizar as minhas inquetações artisticas que sempre me perseguiram"- O Globo - 2011

Videos do Carnaval na Banda Eva:

Eva - Carnaval de 2002

 
Bate Lata - Carnaval de 2002 


Pra lá e pra cá - Carnaval de 2002 


Baixe o aúdio ao vivo do Festival de Verão de 2002 da Banda Eva com Emanuelle na página de Downloads do axé book.